sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Participe do 1o. Encontro de Triatletas de Curitiba

Tensão antes das provas, cansaço depois, correria dos treinos! Agora é hora de relaxar, jogar conversa fora, conhecer novos participantes do triathlon, rever os antigos e passar um dia super agradável com sua família e amigos!

Participe do 1o. Encontro de Triatletas de Curitiba!

O evento será realizado dia 23/09 (domingo) a partir das 12h. No almoço será servida uma Paella Valenciana elaborada pela Paella do Rei. O local escolhido é a Chácara Mangala (www.chacaramangala.com.br), com excelente estrutura há 4km de Santa Felicidade, proporcionando toda comodidade para os triatletas e familiares.

Aos participantes do evento que comprarem seu convite até dia 06/09 terá direito ao prato personalizado do evento, assim além de aproveitar o dia e o encontro com amigos, levará para casa uma recordação.

Os ingressos são limitados! Corra já e garanta o seu.

Ponto de venda: Tribo Esporte
Rua Frederico Cantarelli, 208 - lj 02 - Champagnat
Fone: 3018-6288

OBRAS NO PARQUE EM RITMO FINAL


 

As novas pistas de corrida, caminhada e ciclovia do Parque Barigui estão quase prontas, agora ganham ou últimos retoques para tornar o Parque um dos mais bonitos e bem planejados de Curitiba. A nova pista com 5,5 quilômetros de extensão, uma passarela subterrânea por baixo da Cândido Hartmann, uniu as duas partes do parque. A revitalização do maior parque da cidade é coordenada pelo consórcio Positivo/Malucelli.
Percursos:
· Volta externa do Parque: Percurso plano, todo em asfalto, mas com trechos possíveis de correr ou caminhar pela grama, com distância de aproximadamente 5.500 metros.
· Volta interna do Parque: Percurso plano, todo em asfalto, mas com trechos possíveis de correr ou caminhar pela grama, com distância de aproximadamente 3.300 metros.
Dicas
· Aos finais de semana é recomendado chegar antes das 9h, pois após esse horário o parque fica muito cheio.
· Existem diversas barracas que vendem água de coco e caldo de cana.



Fotos Dico Slaviero

terça-feira, 28 de agosto de 2012

'SUPERAÇÃO" pela AMIGA DO PARQUE BARIGUI REGIMERI FRASSON


 
"SUPERAÇÃO" Toda vez que ouvia essa palavra, imaginava“ pessoas passando pela transição de uma situação ruim para uma situação boa”, “contornando obstáculos negativos para atingir objetivos positivos”... É isso, e mais. Entendo superação como o ato de super agir (Super-Ação). Isso. Super agir! Agir de maneira como nunca imaginou. Agir com as ferramentas que se tem em mãos. Trabalhar por um ideal da melhor maneira possível. Doar seu melhor para algo utópico. Ir além do que achamos ser capazes. Super agimos em vários momentos nos nossos dias. Super agimos nos diversos papéis que desempenhamos.
 
Sou mulher, sou filha, sou irmã, sou mãe, Psicóloga, esposa, dona de casa, amiga... E, em cada um desses papéis, represento novos outros, como “ser a mãe babona”, “a mãe que educa”, “a mãe que é filha”, “a amiga conselheira”, “a irmã psicóloga”, “a mulher vaidosa”, “a filha comportada”, “a esposa mãe”, “a esposa amante”, e por aí vai... Somos agentes dos nossos momentos. Todos os dias super agimos (ou, superamos, se preferir) de diversas maneiras, em diferentes situações, das mais simples as mais complexas. Vejo isso como uma oportunidade.
 
No carnaval deste ano, descobri que estava com câncer.
 
É estranho ler algo desse tipo no meio de um texto aparentemente sincrônico no contar dos acontecimentos, mas é assim que a “boa nova” chega: sem esperar, veloz, assustadora. Era carnaval (quanta ironia! rs). Havia um tempo que “meros sintomas” estavam perdurando, então, achei prudente “dar uma passadinha” no ginecologista. Foi assim que deu-se início às intermináveis sessões de exames e tubinhos de sangue seguidos de desmaios, medos e guias da unimed... Tumor no colo do útero. Cirurgia. Quimioterapia (injeção). Acompanhamento trimestral durante um ano. Orações. Otimismo. E o mais importante: AGIR DE MANEIRA SURPREENDENTE CONSIGO e frente a doença e todas as suas bagagens - porque não é fácil controlar todas as variáveis (familiares, amigos, emoção, pensamentos) que surgem nesse contexto. O “eu interior” trabalha o tempo todo. Não só nas situações de risco, mas também no cotidiano, no término de um namoro, no início de um relacionamento, na véspera de uma competição, no acordar disposto para trabalhar, na disposição para mudar, na coragem de aceitar.
 
O “poder da cura”, o valor e o sentido das coisas, está em nossas mãos. Optei, talvez, pelo mais difícil (no início): aceitar que precisava deixar de ser a mãe, a irmã, a esposa, a filha que sempre ajudava todo mundo, para ser agora, a Pitu que precisava de ajuda. Foi difícil para alguém acostumada a manter o controle das situações, mas deixar ser cuidada é um ato de coragem. Algo inovador demais. E foi a minha melhor escolha! Deixar-se SER. Ser amada. Ser cuidada. Ser frágil. Chorar. Que mal tem? Nenhum... Precisamos, todos, de carinho, amor, conforto, compaixão. Isso nos faz melhor. Nos faz forte.
Foi esse “me permitir sentir e ser de verdade” que trouxe disposição para falar, ouvir e enfrentar tudo que até agora foi o ano de 2012. Agi da melhor maneira que pude e que sei: SORRINDO. Minha alegria é o que tenho de mais otimista dentre as escolhas que faço e que fiz. O retorno das minhas “super ações” está sendo, ainda, decisivo no caminho pelo qual decidi trilhar: o de viver intensamente tudo que escolho para mim.
 
 
Minha família, meus amigos, amores, meu trabalho, diversão, festas, minhas corridas no Barigui, as conversas, os bons momentos, as lembranças... Tudo isso é um ato de SuperAção para o melhor viver! Nossa vida é um caderno cheio de exercícios a serem resolvidos e tarefas a serem cumpridas. Depende de nós, da nossa entrega, da nossa vontade, da nossa coragem. Todos os dias temos a oportunidade de escolher, de agirmos surpreendentemente!

REGIMERI FRASSON (PITU) é AMIGA DO PARQUE BARIGUI!

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

ATENÇÃO ATLETAS DO PARQUE BARIGUI - MASSOTERAPIA

MASSOTERAPIA

Massoterapia é a aplicação de técnicas de massagem para finalidade terapêutica, anti-estresse, relaxamento, estética e esportiva. A massoterapia utiliza-se da manipulação manual dos tecidos moles do corpo, sendo que alguns massoterapeutas também podem realizar movimentos nas articulações do cliente e fazer aplicações de calor, frio e vibrações.

A massoterapia alivia dores musculares e estimula a circulação sangüínea. Além disso, a massagem auxilia o sistema linfático, o que ajudaria a eliminar os resíduos metabólicos no corpo. A drenagem linfática utiliza a massagem para esvaziar os líquidos e resíduos metabólicos e estimular a circulação linfática.

A massagem como terapia de reabilitação tem sua aplicação bastante conhecida por causa do futebol, onde quase todos os times contam com um massagista para auxiliar na recuperação muscular e ajudar na reabilitação em alguns casos de lesões. Massoterapia ainda tem aplicação na prevenção de distensões e lesões, que podem acontecer por causa excesso de tensão.

A massagem também pode melhorar o humor das pessoas, aliviar o estresse e fazer com que os clientes sintam-se mais relaxados.

A massoterapeuta e AMIGA DO PARQUE BARIGUI MARLENE SANTOS do SALÃO FRANÇOIS estará dando dicas super especiais para atletas neste final de semana! Para quem quiser experimentar é só ligar para 3363-4323 / 3014-5535 / 3079-5535 e agendar seu horário com a Marlene!

Assistam neste Domingo dia 26/08 as 19 horas no programa SPORTTIME, canais 5 da NET e 72 da TVA, uma matéria especial sobre a MASSOTERAPIA para atletas com Liana Pirosin

Um pouco mais sobre MASSOTERAPIA:

Algumas técnicas que fazem parte da massoterapia:

Massagem Relaxante

É realizada aplicando movimentos firmes e suaves sobre os tecidos do corpo proporcionando principalmente o relaxamento muscular e sensação de bem estar.

Massagem tradicional Chinesa

Durante milhares de anos a China desenvolveu e melhorou as massagens que são utilizadas como um tratamento completar para os mais variados problemas de saúde.

Drenagem Linfática

Técnica de massagem que tem o objetivo de trabalhar o sistema linfático e retirar os líquidos que ficam acumulados entre as células do nosso corpo.

Shiatsu

É uma das técnicas da massoterapia, executada com movimentos de pressão em determinados pontos de energia do corpo conhecidos como meridianos ou pontos de acupuntura. Pode proporcionar, melhorias no sistema digestivo, nervoso, respiratório, circulação sanguínea.

Reflexologia Podal

A reflexologia podal é executada com movimentos de pressão em canais de energia localizados em nossos pés, o conceito dessa técnica é que em nossos pés existem ligações diretas ou indiretas com órgãos vitais de nosso corpo.

Shantala

Originária da índia consiste na aplicação da massagem em bebês e proporciona: benefícios para saúde e melhorias na comunicação e interação entre pais e filhos.

Quick Massage

A quick massage é indicada para pessoas que procuram o alivio de dores, fadiga, stress, dores musculares, aumento da concentração porém precisam de um atendimento rápido e não podem esperar.

Alguns benefícios:

* Alívio da tensão e dores musculares;
* Diminuição considerável do stress, ansiedade, irritabilidade, fadiga;
* Auxilia na remoção de toxinas através da corrente sanguínea e posteriormente pela urina e fezes;
* Auxilia no fortalecimento do sistema imunológico;
* Melhora a circulação sanguínea;
Somente inicie uma sessão de massagem após consultar um médico especialista, para que seja realizado uma avaliação para verificar quais são as indicações e contra-indicações das técnicas de massagens selecionadas para seu tratamento.
 


Salão François 3363-4323 / 3014-5535 / 3079-5535
Ligue e agende a sua sessão!

ATENÇÃO CORREDORES DO PARQUE BARIGUI

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

THIAGO "TURCO" ASSAD VAI AO MUNDIAL DE DUATHLON NA FRANÇA

Bate Papo com o AMIGO DO PARQUE BARIGUI THIAGO "TURCO" ASSAD 30 dias antes do mundial de Duathlon.

Thiago Assad, triathleta, 30 anos irá competir no campeonato mundial de Duathlon que acontecerá no dia 23 de setembro em em Nancy/França.

Como é ser um dos representantes do Brasil em um campeonato Mundial?

Todo o atleta sonha em competir provas internacionais e vestir um uniforme com as cores de seu país. Estou muito feliz pelo 4° ano consecutivo fazer parte da delegação Nacional de Duathlon.

Quais são as distâncias do Duathlon?

Inicia com 10 km de corrida, depois segue com 40 km de ciclismo onde o vácuo entre os atletas é proibido, e finaliza com 5 km de corrida. Uma prova de extrema dificuldade.

No dia da competição, como você controla a ansiedade?

Na verdade procuro pensar que é o dia de tudo dar certo ("" tomara rsrsrs"" ). Penso em tudo que eu fiz para poder estar vivendo o momento, penso na família, nos dias difíceis de treinos. Isso tudo me fortalece, mas claro, existe sim uma tensão e um certo nervosismo, mas nao tenho grandes problemas com isso não....

Quantas horas você treina diariamente?

Aproximadamente 3 a 4 horas. Corro uns 10 km por dia, pedalo entre 50/60 km e faço natação nado. Nos finais de semana treino uma distância maior no ciclismo, pois tenho mais temo para isso.

Suas chances no mundial?

Não posso mentir e dizer que não quero vencer. Sonho com isso, mas tenho os dois pés no chão e sei das dificuldades....

São aproximadamente 100 atletas na minha categoria,quero poder brigar entre os 5 primeiros colocados, embarco com isso em mente.

Quais são seus patrocinadores?

Corro hoje com o patrocinio da Fórmula Renault, que foi a empresa que viabilizou a minha participação no mundial, a Academia Gustavo Borges, Woom, Porta Medalhas e Studio Torquato.

Interessante de tudo isso, é que todos os empresários que me apoiam, são triathletas, eles acreditam sim que eu possa representá-los muito bem no mundial.
 

terça-feira, 21 de agosto de 2012

AMIGAS DO PARQUE BARIGUI - IVONE e NATALIA CANALLI

 
A Empresa Curitibana CANALLI das AMIGAS DO PARQUE BARIGUI, IVONE e NATALIA CANALLI produzem roupas que são muito mais que simples produtos de moda, são criações únicas e ricas pelo seu design, materiais e influências. As bolsas, chaveiros, roupas, xales e outros acessórios são desenvolvidos em uma oficina de arte e fabricados manualmente por mulheres da comunidade de Curitiba. A herança do artesanato brasileiro é combinado com as tendências de moda mais recentes, resultando em belos bordados, mosaicos, patchworks e fuxicos característicos do nosso país.


Acesse no site oficial da CANALLI para descobrir tudo sobre a coleção, história da marca e sua presença no online shopping. As roupas da coleção VERÃO 2013 CANALLI podem ser encontradas em lojas multimarcas por todo o país e também pela internet no site oficial da marca. Lá é possível ver todo o catálogo de produtos navegando pelas categorias bolsas, acessórios e looks. Cada uma das criações tem um nome que a identifica e diferencia das restantes. As peças são perfeitas para trazerem um pouco de alegria e diversão ao vestuário do dia a dia por remeterem ao universo do feito em casa e até trazer características do universo infantil, como chaveiros de ursinhos e bonecas.


Para comprar pela internet só é necessário se cadastrar pelo site rapidamente e escolher as peças para receber suas encomendas em casa, o pagamento pode ser feito de diversas maneiras incluindo boleto bancário e cartões de crédito.

A CANALLI é uma oficina de arte que, há 25 anos, em Curitiba, tem o compromisso de buscar o equilíbrio através do apurado senso estético respondendo às novas atitudes da modernidade com um trabalho minucioso num processo de inovação constante. Aí entra o trabalho manual de senhoritas a senhorinhas que trazem seus mundos particulares para alguns centímetros quadrados de bordado.Sempre atenta às tendências busca inspiração no mosaico cultural brasileiro: com a expressão da forma, o sopro das cores, a vibração das texturas, e do torcido. Os detalhes do sobreposto, do patchwork, o contraste dos retalhos, o fio crochetado, a renda tingida, o fuchico, a palha, a seda, a lona; o nobre couro num mix com o imaginário plástico popular. A estamparia de nossos trópicos, miçangas e cristais. Dos meigos "armarinhos" às tecnologias dos materiais importados.
 
 
"Glória às grifes que "fazem"
Glória às lindas que desfilam
Para você a busca da excelência, sempre."

Afirmam as Amigas do PARQUE BARIGUI IVONE e NATALIA CANALLI

Fotografia: Rodrigo Torrezan
Produção: Maria Eugênia Sachet
Modelo: Frann Felippe
Make e Hair: Karina Bastos
Em: Loja Farofa Chic

A VOLTA DO OIL MAN


Nos últimos meses, quantas vezes você viu o Oil Man pedalando pelas ruas de Curitiba? Não, não foi o inverno que o espantou da cidade. O que aconteceu com o Oil Man, ou melhor, com Nelson Rebello (nome verdadeiro do homem que dá vida ao personagem mais conhecido da cidade) foi o surgimento de uma hérnia, que o separou momentaneamente de sua sunga, bicicleta e litros de óleo.

No entanto, depois de uma bem sucedida cirurgia, o Oil Man está de volta. E, para celebrar sua volta, a Sociedade dos Homens Óleo de Curitiba prepara o evento “A Volta do Oil Man”, que acontecerá no dia 26 de agosto, a partir das 15h, no Parque Barigui. A ideia é reunir todos os fãs do Oil Man e ciclistas amadores e profissionais.

“Este evento não é apenas uma homenagem ao personagem Oil Man, mas sim ao ciclismo e à vida ao ar livre”, enfatiza Oil Man.

O Oil Man

O personagem Oil Man surgiu em 1997, quando o biólogo Nelson Rebello decidiu pedalar por Curitiba apenas de sunga e com o corpo revestido de óleo. No ano passado, ele fundou a Sociedade dos Homens Óleo de Curitiba, que reúne amigos do Oil Man que aderiram à moda de bicicleta e sunga. Recentemente, o Oil Man foi eleito “O mais figura de Curitiba” em votação organizada pela ÓTV.

Toda a saga do Oil Man será contada nos filmes “Oil Man e a Sociedade dos Homens Óleo” e “Oil Man e a Volta do Homem Óleo”, da produtora curitibana Asteroide Filmes. As produções irão ao ar no programa Casos & Causos, da RPC TV, nos dias 19 de agosto e 2 de setembro, respectivamente.

Evento
A Volta do Oil Man
26 de agosto, a partir das 15h
Parque Barigui

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

CENTRO DE CAPACITAÇÃO PERMANENTE - PARQUE BARIGUI


O Salão de Atos do Parque Barigui, gerenciado pelo Instituto Municipal de Administração Pública/IMAP, está localizado no coração de um dos mais importantes parques da cidade, a pouco mais de 5km. do centro. Esse espaço é destinado a eventos, palestras, reuniões, seminários, treinamentos, "workshops", exposições de pequeno e médio porte e apresentações. Conta com vários ambientes entre os quais, o Salão de Atos para 380 pessoas, o Salão Barigui para 200 pessoas, o Salão do Lago para 160 pessoas, o Miniauditório para 30 pessoas, a Sala Vip e a Secretaria para 10 pessoas e o espaço destinado para "Coffee-Break".

CENTRO DE CAPACITAÇÃO PERMANENTE
Salão de Atos do Parque Barigui
Endereço: AVENIDA CANDIDO HARTMANN, 0
Complemento: PARQUE BARIGÜI
Bairro: Santo Inácio Curitiba - PR
CEP: 80710570
Regional: Sta.Felicidade
Telefone: (41)3335-4874
Email: imap@imap.curitiba.pr.gov.br
IMAP - Instituto Municipal de Administração Pública
APAF - Diretoria Administrativa Financeira

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Centro de Letras do Paraná: Tertúlia Literária no Barigui

O Centro de Letras do Paraná fará uma Tertúlia Literária no próximo dia 19, no Parque Barigui, a partir das 10h30, no Salão de Atos. A festividade faz parte da programação que comemora o centenário da instituição.

Antecedendo a Tertúlia haverá um desfile da sede do Centro de Letras, passando pela Boca Maldita e posterior chegada ao Parque Barigui. O desfile contará com carros antigos e pessoas vestidas com roupas de época, em alusão à época em que o Centro de Letras foi fundado.

Após a Tertúlia haverá um almoço por adesão. (arilemos@nmconhecimento.com.br)

O Centro de Letras do Paraná, foi fundado em 19 de dezembro de 1912 no salão de honra do jornal Diário da Tarde. Sendos seus Sócios Fundadores, Euclides Bandeira e Emiliano Perneta. O Centro é um organismo atuante com sede própria na Rua Fernando Moreira nr. 370 no Centro de Curitiba. É presidido atualmente pelo Desembargador Luis Renato Pedroso.

Serviço:

Tertúlia do Centro de Letras
Data: 19/08
Desfile – saída na sede do Centro de Letras às 9hs.
Tertúlia – 10h30 – no Salão de Atos do Parque Barigui.
Reservas para o almoço e mais informações 3222.7731

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

CONHEÇA DEZ ALIMENTOS INIMIGOS DA DIETA

ALGUNS ALIMENTOS PODEM SER VERDADEIROS VILÕES

Por Ainá Vietro
Disciplina e força de vontade são pontos fundamentais na hora de iniciar uma dieta para perder peso. Mas, para se sentir linda em frente ao espelho e com as medidas que você sempre sonhou é preciso ficar longe de certos alimentos. As nutricionistas e AMIGA DO PARQUE BARIGUI YANA GLASER, de Curitiba (PR) e Mariana Klopfer, da Nutricius Nutrição Esportiva, de São Paulo (SP), listaram 10 alimentos que devem ser evitados por corredoras que querem secar!

REFRIGERANTES
Refrigerantes são bebidas sem nutrientes, em que o gás irrita a mucosa gástrica. “Antes da prática esportiva pode causar gases e, por ter alta concentração de caféina, pode aumentar a sede e até causar desidratação”, explica Yana. Prefira bebidas que ajudem a hidratar e contenham nutrientes, como água e sucos

CARBOIDRATOS BRANCOS
Evite carboidratos brancos como arroz e pães brancos, pois eles aumentam rapidamente o açúcar no sangue. “Com mais açúcar no sangue a insulina é ativada, e com ela a formação de gordura”, salienta Yana. Prefira sempre as versões integrais dos alimentos.

CARNES
O consumo de carne vermelha e frango com peles gordurosas deve ser cauteloso, por causa da gordura saturada. “A gordura das carnes e a pele do frango são ricas em colesterol e grandes vilãs da saúde cardiovascular”, diz a nutricionista Mariana Klopfer. Dê preferências para as carnes magras de frango – a versão orgânica contém menos hormônios – e peixes.

FRITURAS
Evite frituras em imersão, como salgadinhos, pastéis, carnes à milanesa, batatas fritas e outros. Essas preparações têm elevado teor de gordura com digestão lenta. Prefira alimentos grelhados, assados ou cozidos.

PROCESSADOS
Carnes processadas – como hambúrguer, nuggets e embutidos – mesmo se assadas ou grelhadas contêm altas quantidades de gordura em sua composição e elevada quantidade de sódio, o que pode causar retenção de líquido. Prefira as carnes frescas.

LIQUIDOS
Consumir grande quantidade de líquidos durante as refeições. O excesso dilui o suco gástrico e distende as paredes do estômago, sobrecarregando todo intestino e prejudicando a assimilação dos nutrientes.

QUEIJOS
Queijos amarelos contêm uma quantidade elevada de gordura. Prefira queijos com baixíssimos teores de gordura, como os brancos e ricota.

MOLHOS
Molhos brancos e apimentados podem ser ricos em gordura. Prefira o molho de tomate e evite o queijo ralado.

DOCES
Doces com alto teor de gorduras, como balas, chocolates e biscoitos recheados. O corpo utiliza uma parte como fonte de energia e o restante é acumulado na forma de gordura. Opte por frutas, sucos ou geleia.

BEBIDAS ALCOÓLICAS
Bebidas alcoólicas são tóxicas e, por serem diuréticas, podem causar desidratação. Com o corpo menos hidratado, há aumento no risco de câimbras. O álcool também pode causar hipoglicemia e diminuir os reflexos corporais.

Fonte: Webrun

terça-feira, 14 de agosto de 2012

INGIRA CARBOIDRATO PARA TER ENERGIA DE SOBRA


É fundamental que a refeição anterior ao treino seja reforçada em carboidratos para abastecer as fontes de energia para os exercícios. O nutriente é essencial para manter uma boa resposta imunológica do organismo e ajudar a recuperar os estoques de glicogênio muscular
Os carboidratos compõem uma parcela significativa da dieta e são essenciais para manter uma boa resposta imunológica do organismo e ajudar a recuperar os estoques de glicogênio muscular e das fibras. "A recomendação é que uma pessoa ativa consuma de 60% a 70% de todo o valor calórico diário em forma de carboidratos", afirma Ana Fornari, nutricionista da Camomila Consultoria em Nutrição, de São Paulo (SP). Claro que o ideal é que os alimentos sejam balanceados, mesclando todos os nutrientes, mas é fundamental que a refeição anterior ao treino seja reforçada em carboidratos para abastecer as fontes de energia para os exercícios.
A quantidade ideal do nutriente por dia varia de acordo com sexo, altura, idade, tipo de exercício e fase de treinamento. Porém, de uma maneira geral, é possível estabelecer que:
- pessoas com um programa de treinamento leve, de baixa intensidade, ou que precisam reduzir o peso devem ingerir de 3 a 5 g/kg de peso corporal/dia;
- quem pratica exercícios moderados, com sessões de treino que variam entre 60 minutos e 90 minutos, necessita de 5 a 8 g/kg de peso corporal/dia;
- aqueles que seguem uma planilha intensa e completam de 1h a 3h de atividades físicas moderadas ou fortes têm de consumir de 7 a 12 g/kg de peso corporal/dia.
De acordo com a nutricionista, as porções de carboidratos podem ser fracionadas da seguinte forma em relação ao total diário:

- no café da manhã, consuma 25% das calorias diárias, sendo 20 do total de carboidratos;
- no lanche da manhã, 5% das calorias diárias e 15% dos carboidratos;
- para o almoço, reserve 30% das calorias diárias e 25% dos carboidratos;
- no lanche da tarde, 10% das calorias diárias e 15% dos carboidratos;
- no jantar, 25% das calorias diárias e 10 dos carboidratos;
- por fim, para a ceia, 5% das calorias diárias e 15% dos carboidratos.
ANTES DOS TREINOS
As refeições realizadas antes dos exercícios devem contar com carboidratos de alto e médio índice glicêmico, além de ter baixa concentração de gorduras e fibras, para facilitar a digestão e não provocar desconfortos gástricos. Em média, deve ser consumido de 1 a 4 g de carboidrato/ kg de peso corporal entre 1h e 4h pré-treino, "Até 1h antes do treino pode-se ingerir carboidratos de baixo índice glicêmico. Porém, quando a refeição é realizada 30 minutos antes do exercício, prefira carboidratos alto índice glicêmico", orienta a AMIGA DO PARQUE BARIGUI YANA GLASER nutricionista e triatleta há dez anos, de Curitiba (PR).
O termo índice glicêmico se refere à capacidade que cada alimento possui de aumentar a glicemia: alto, médio e baixo, ou seja, de rápida absorção à liberação lenta e gradual de glicose. Entre os componentes de alto índice glicêmico estão pão branco, mel, geleia, banana, melancia, mamão, batata, passas e goiabinha. Já aveia, milho, ervilha, batata doce e laranja apresentam índice glicêmico moderado; enquanto arroz sete grãos, pão integral, biscoitos integrais, morango, melão, maçã, lentilha, suco de tomate, nozes e soja possuem baixo índice glicêmico.
DEPOIS DE CORRER

Nesse momento, é preciso repor as reservas energéticas para recuperar as fibras musculares. Para isso, imediatamente após a atividade física, faça um lanche com aproximadamente 1 a 1,5 g de carboidrato/kg de peso corporal. "Um treino forte ou longo exige uma rápida recuperação, então, o melhor são os nutrientes de alto índice glicêmico. Já após uma corrida leve opte por carboidrato de baixo índice glicêmico até 45 minutos depois do exercício", aconselha Yana.
Fonte: Roda Livre - Especial para o Terra
Foto: Shutterstock

domingo, 12 de agosto de 2012

É MELHOR CORRER NA RUA OU NA ESTEIRA?

Entenda os prós e os contras dessas duas opções e dê a largada rumo à boa forma
Por Marcia Melsohn

(Jornalista do projeto Emagrece, Brasil!, campanha da Editora Abril, capitaneada pelas revistas Saúde e Boa Forma, com apoio do Governo Federal e patrocínio da Coca-Cola, que tem como objetivo combater a obesidade no país)
Adotar a corrida como prática esportiva é, sem dúvida, um grande passo em direção a uma vida mais saudável e uma cintura fina. Na hora de gastar a sola do tênis, há quem adote a esteira, um dos aparelhos mais concorridos nas academias. Já outros não trocam a suadeira ao ar livre por nada. "A escolha do piso em que se vai correr deve se basear nos objetivos do indivíduo", afirma o educador físico Bruno Modesto, que é pesquisador da Escola de Educação Física e Esportes da Universidade de São Paulo (USP) e instrutor de primeiros socorros do Instituto do Coração de São Paulo, o Incor.

Em outras palavras, o futuro corredor precisa ter em mente se quer se exercitar só para relaxar ou, por outro lado, para competir nas inúmeras corridas de rua Brasil afora. Outro ponto fundamental é checar a possibilidade de dar as passadas em ruas, praças e parques -- caso essa alternativa esteja fora de alcance, o jeito mesmo é ficar na velha e boa esteira. "Iniciantes ou sedentários podem começar no aparelho e evoluir posteriormente para a corrida de rua, que apresenta mais dificuldades de percurso sem contar a influência de fatores ambientais", completa Modesto.
"Uma das principais vantagens da esteira é a possibilidade de controlar o ritmo da corrida. Além disso, nela é mais fácil aprender a mecânica correta do movimento, o que deixa o atleta mais eficiente", diz Bruno Modesto. "Ao alternarmos a velocidade e a inclinação do equipamento, pode-se fazer um trabalho progressivo e adequado, inclusive para indivíduos com sobrepeso ou obesos", afirma o professor.
Para o ortopedista André Pedrinelli, da Faculdade de Medicina da USP, o recomendado é treinar nos dois pisos, já que ambos apresentam prós e contras. "A esteira oferece mais amortecimento para as articulações que o asfalto, além de garantir um melhor controle do esforço e, portanto, dos resultados", diz Pedrinelli. Segundo ele, correr na engenhoca gera menos impacto e, consequentemente, diminui-se o risco de lesões. "O sistema de absorção de impacto do equipamento ajuda principalmente os que estão acima do peso", confirma Bruno Modesto.
A esteira também é ótima para dias chuvosos ou para fugir do frio e do calor extremos. Mas muita gente acha monótono correr olhando sempre o mesmo cenário, em ambiente fechado e sem interação com outras pessoas. "A corrida ao ar livre permite contato com a natureza, diferentes paisagens, novos lugares e percursos a ser explorados. Além disso, possibilita reunir amigos e formar grupos, o que aumenta a motivação e faz a diferença para que pretende se manter ativo", avalia Bruno Modesto.
Outra diferença é que o gasto energético na rua é maior. Isso porque a mecânica dos movimentos não é a mesma. No chão, o indivíduo fica sujeito a diversas variações de rota, como subidas, descidas, curvas e inúmeras irregularidades no terreno que aumentam a demanda do organismo e contribuem para um maior consumo calórico. Todos esses desvios fazem com que mais grupos musculares se envolvam na atividade e ainda desenvolvem o sistema de equilíbrio -- chamado de propriocepção --, o que não acontece na esteira.
Veja, então, qual alternativa se adapta às suas características e preferências, calce o tênis e dê a largada rumo à boa forma. Se possível, varie o ambiente e o piso, já que, como vimos, há pontos positivos e negativos em todos eles. Mas, nos dois casos, na esteira ou na rua, é fundamental buscar a orientação de um profissional de educação física. Ele vai planejar o treinamento e dosar o esforço sempre de acordo com as suas condições.
AS VANTAGENS DE CADA PISO
Esteira
• Gera menos impacto nas articulações
• Menor risco de lesões
• Melhor controle do esforço e dos resultados
• Mais indicada para iniciantes e para quem está acima do peso
• Ideal para dias chuvosos, muito quentes ou frios demais
Rua
• Diferentes paisagens e contato com a natureza
• Maior socialização
• Maior gasto energético devido às irregularidades do terreno
• Envolve mais grupos musculares
• Desenvolve o sistema de equilíbrio --propriocepção
Fonte: Saúde Abril

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Ar seco causa problemas respiratórios

Com a umidade do ar abaixo dos 30%, índice mínimo considerado satisfatório pela Organização Mundial de Saúde (OMS), os problemas respiratórios como: faringite, sinusite, amigdalite, otite, rinite e laringite podem se agravar devido ao aumento na concentração de poluentes. Sem as chuvas, o ar se torna seco, tornando-se até inadequado aos pulmões, o que pode acarretar dificuldades na respiração. Para o otorrinolaringologista Richard Voegels, presidente da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial, esta situação encontrada em cidades como São Paulo acaba prejudicando a qualidade de vida como um todo.

"O ideal é que o ar chegue aos pulmões quente e úmido, pois isso melhora a oxigenação do sangue, incrementando também nossa disposição e qualidade do sono. Com o clima desta maneira, pode ocorrer a diminuição das nossas defesas, o que funciona como facilitador ao aparecimento de infecções nas vias respiratórias." alerta.

Medidas preventivas:

- Ingerir bastante líquido, mais de 2 litros por dia.
- Lavar o nariz com soro fisiológico.
- Evitar a prática de esportes ao ar livre no período das 11 às 18h,
- Umidificar o ambiente com vaporizadores ou recipientes de água.

Fonte: Saúde Brasil

Prefeitura inicia recuperação ambiental na bacia do rio Barigui


A Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) começou a recuperação ambiental das margens de rios na área de abrangência da bacia do Barigui, de onde foram transferidas 735 famílias que habitavam irregularmente.

Foram liberados 4,9 quilômetros de margens de rios para a implantação de um parque linear. Nesta semana, as máquinas começaram a remover os entulhos que ficaram das moradias irregulares que foram demolidas após a retirada das famílias.

“O projeto de revitalização da bacia do Barigui beneficia não somente os moradores que deixaram situações precárias em beira de rio, onde sofriam com as enchentes, mas a cidade como um todo. A área que foi degradada pela ocupação indevida será totalmente recuperada com a construção de um parque linear, que vai atender toda comunidade da região”, afirma o secretário municipal de Habitação e presidente da Cohab, Ibson Campos.

Ainda serão transferidas para novas unidades habitacionais 89 famílias. Ao todo, o projeto de intervenção na bacia do Barigui contempla 1.326 famílias. Além das 824 que estão sendo reassentadas, 502 que residem em locais sem restrições habitacionais serão atendidas com obras de urbanização e infraestrutura.

São 13 ocupações irregulares envolvidas no projeto: Nova Barigui, Alto Barigui, Recanto da Paz, Sandra, Eldorado, Cruzeiro do Sul, Morro da Esperança, Olinda, Nápoles, Malvina, Nova República, Rigoni e Nossa Senhora da Paz.

Para reassentar as famílias de beira de rio foram construídos quatro empreendimentos habitacionais. O maior deles, o Moradias Corbélia, no bairro São Miguel, já recebeu a transferência de 545 famílias, restando dez para completar sua ocupação. No mesmo bairro está o Moradias Aquarela, para onde se mudaram outras 150 famílias. O Moradias Ibaiti, no CIC, já recebeu 30 famílias e na Vila Bom Menino, no Mossunguê, foram reassentadas dez famílias.

A construção das 824 unidades habitacionais, além de uma escola, creche e unidade da FAS no Moradias Corbélia, somadas à recuperação ambiental das margens desocupadas representam investimentos que ultrapassam os R$30 milhões, recursos do governo federal e contrapartida da Prefeitura.


Parque linear – Os 4,9 quilômetros de margens de rios que estão sendo recuperados vão contar com 3,7 quilômetros de ciclovia, 13 canchas de mini-futebol, 10 parquinhos infantis, uma cancha de vôlei, além de mais de 30 mil metros quadrados de grama plantada.

As melhorias fazem parte de um projeto maior, o Viva Barigui, que prevê um único parque com 45 quilômetros de extensão, formando um corredor de biodiversidade e de infra-estrutura às margens do rio Barigui.

Além de atender ao objetivo de despoluir os rios que compõem a bacia, a Prefeitura fará, gradativamente, obras de infraestrutura para consolidar o Parque Linear do Rio Barigui, interligando parques, bosques e áreas de lazer já existentes com novas unidades de conservação que serão instaladas.

Veja as intervenções que serão feitas às margens do Barigui

Recuperação Ambiental Bacia do Rio Barigui
Retirada de entulhos e limpeza: 47.240m3
Ciclovia compartilha (calçada CBUQ – 1,20m largura): 3.745 m / 3,7 km
Plantio de grama: 30.430 m²
Plantio de árvores nativas: 5.259 mudas (1 m altura)
Área total de recuperação: 90.747 m² = 13 campos futebol
Canchas de minifutebol (11 m x 20m): 13
Áreas de estar com bancos: 19
Parquinhos (gangorra, trepa-trepa e escorregador): 10
Cancha de vôlei: 01
Vilas beneficiadas: 13
Extensão de margem do rio desocupada: 4,9

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Deixe a barriga sarada com esses seis exercícios

Além de ficar linda, você melhora a postura e ganha saúde

Por: Minha Vida

Quer ficar com uma barriga retinha e definida? O primeiro passo, antes de iniciar a prática de exercícios localizados, é investir no trabalho aeróbio para reduzir o peso corporal e diminuir o acúmulo de gordura no abdômen. "Depois disso, é que vamos iniciar o fortalecimento e a definição do músculo" , explica Thiago Sarraf, professor de educação física e personal trainner da academia Be Happy, de Curitiba.


Ao conquistar uma barriga tanquinho, você de quebra melhora sua postura corporal. "A pressão interna da região abdominal aumenta quando se promove a tonificação dos músculos, com isso, o estresse na coluna é reduzido" , esclarece Thiago. O abdômen fortalecido faz ainda com que o quadril retorne a sua posição normal, tirando o peso do corpo da região lombar. Veja quais são os exercícios e aulas mais indicadas para desenhar e enrijecer a musculatura e escolha seu preferido.

Abdominal simples

Ele é feito deitado no chão e com a barriga voltada para cima. Você inclina o tronco para frente e trabalha principalmente a região do músculo reto superior. Fazer o abdominal na diagonal complementa o treino e trabalha a região lateral da barriga.

Abdominal sit-up

Sit-up vem do inglês e quer dizer sentar-levantar. É considerado um dos mais eficientes e indicado para adeptos da prática dos abdominais. Essa modalidade retorna às raízes do exercício. É feito levantando ao máximo tronco do chão, quase na posição de sentar. Mas evite essa modalidade logo no início, quando sua musculatura ainda não está fortalecida. Isso porque o risco de machucar a coluna é grande.

Abdominal com bola

Bola lembra brincadeira, e é essa a idéia mesmo: fazer uma aula pra lá de divertida. Os músculos abdominais ganham tonicidade e força, quando você busca o equilíbrio sobre o acessório. Basta deitar em cima dela (procure um acessório especial para a prática esportiva. As bolas de brinquedo podem não oferecer resistência suficiente) e manter as pernas em 90º, com os pés apoiados no chão. Levante o tronco até sentir a barriguinha começar a queimar.

Pilates

Com uma legião de fãs mundo à fora, essa aula trabalha a força muscular. Enrijece os músculos fracos, alonga os que estão encurtados e aumenta a mobilidade das articulações. Fortalece e tonifica a barriga.

Pilates e ioga

Já pensou ter os benefícios da ioga e do pilates em uma única aula? Com essa modalidade, chamada ioguilates, você pode se esbaldar. Sua barriga fica delineada e retinha. Também melhora a flexibilidade e a postura.

Fit-ball

Mande o tédio passear com uma aula diferente, que combina ioga, pilates e ginástica localizada. Tudo isso feito em uma bola gigante. Para manter o equilíbrio sobre a bola, é preciso contrair o abdômen o tempo todo. E essa contração acaba tonificando os músculos da barriga.

Por que os homens ficam com o abdômen definido mais rápido?

Sim, é verdade, os homens conseguem o famoso tanquinho antes que as mulheres. Tudo está ligado ao hormônio masculino, a testosterona, que faz com que eles ganhem massa muscular mais rapidamente. Outra diferença é que homens geralmente fazem um treino mais intenso, usando mais cargas, para ganhar mais músculos, já as mulheres preferem ganhar resistência e fortalecimento muscular, explica Thiago Sarraf, coordenador de ginástica da academia Be Happy

PARQUE BARIGUI GANHARÁ NOVOS PARACICLOS

Curitiba terá mais 26 paraciclos – estruturas para estacionamento de bicletas – em 21 diferentes locais da cidade. Os equipamentos terão capacidade total para comportar 300 bicicletas e serão distribuídos na área central e em pontos turísticos da cidade.

A instalação dos paraciclos seguirá projeto elaborado pelo Ippuc, após licitação que será realizada pela Secretaria Municipal de Obras Públicas. O edital está sendo preparado e deverá ser publicado nos próximos 30 dias. O investimento na implantação dos equipamentos será de R$ 106,6 mil.

Os novos paraciclos irão se somar aos oito já instalados em espaços públicos da cidade. Eles estão disponíveis nas praças Osório, Zacarias, Tiradentes e Leonor Twardowski (junto ao Café dos Estudantes, ao lado do Círculo Militar) e também nas sedes da Prefeitura, Assembleia Legislativa e Câmara Municipal. No total, podem receber até 80 bicicletas.

Os novos locais que abrigarão os paraciclos foram definidos com a participação da Associação de Ciclistas do Alto Iguaçu, em reunião com técnicos do Ippuc. Os paraciclos ficarão em áreas com iluminação e visíveis pelo sistema de monitoramento das câmaras de vídeo da Guarda Municipal.

“A localização dos equipamentos junto a estes pontos oferecerá segurança aos ciclistas, que poderão se deslocar pela cidade com mais tranquilidade”, afirma o presidente do Ippuc, Clever Almeida.

De acordo com o projeto, os paraciclos são plataformas de concreto, cobertas de lajotas e uma faixa de pista tátil, com arcos de ferro galvanizado, pintura eletrostática e com 1,6 m de largura por 0,75 m de altura. Esta estrutura é utilizada para fixação de uma bicicleta de cada lado, presas pelo quadro e não pelas rodas.

A maior parte dos equipamentos tem cinco arcos, com exceção de dois, que ficarão em frente à Biblioteca Pública e no Parque Barigui, que terão 10 arcos cada um. Em locais mais movimentados haverá mais de um equipamento. Isso vai ocorrer nas praças Rui Barbosa e Santos Andrade, Passeio público, Parque Barigui e Museu Oscar Niemeyer, onde haverá dois conjuntos de paraciclos.

Confira a localização dos novos paraciclos

• Rua Riachuelo (cinco arcos);
• Trajano Reis, esquina com 13 de Maio (cinco);
• Trajano Reis, esquina com Paula Gomes (cinco)
• Marechal Deodoro, esquina com Marechal Floriano (cinco);
• Barão do Rio Branco, esquina com Travessa da Lapa (cinco);
• Marechal Deodoro, esquina com Conselheiro Laurindo (cinco);
• Praça do gaúcho (cinco)
• Biblioteca Pública do Paraná (10)
• Mercado Municipal / Rua da Paz (cinco);
• Praça Rui Barbosa (dois equipamentos com cinco arcos cada um);
• Praça Ouvidor Pardinho (cinco)
• Praça Carlos Gomes (cinco);
• Praça Santos Andrade / Correio (cinco);
• Praça Santos Andrade / Teatro Guaíra (cinco);
• Terminal Guadalupe (cinco);
• Rua Schiller, esquina com Itupava (cinco);
• Passeio Público (dois equipamentos com cinco arcos cada um);
• Parque Barigui / Casa Amarela (cinco);
• Parque Barigui / Salão de Atos (10);
• Bosque João Paulo II (cinco);
• Museu Oscar Niemeyer – estacionamento inferior (cinco);
• Museu Oscar Niemeyer – estacionamento superior (cinco);
• UTFPR / Shopping Estação (cinco)
• Arcadas de São Francisco (cinco)

Foto: Gazeta do Povo