terça-feira, 1 de julho de 2014

Curitiba agora tem a sua Pont des Arts para celebrar o amor

"Cadeados do Amor" decoram ponte no Parque Barigui

(foto: Valdecir Galor/SMCS)
Quem passeia pelo Parque Barigüi em Curitiba pode ter observado que alguns cadeados estão sendo colocados na grade da ponte localizada na saída para a BR-277. São os "cadeados do amor" que os casais prendem na grade como símbolo de união.

"Acho a ideia legal. Sei de histórias de pessoas que se conheceram aqui no Parque Barigüi e resolveram fortalecer a relação com esse símbolo de união", diz o estudante Thomas de Andrade, de 16 anos, morador do bairro do Xaxim, que costuma passear no parque com a namorada Stephanie Santana, de 15 anos.

Logo que Franciele Dalto, de 25 anos, avistou os cadeados colocados na grade da ponte, ela recordou da Pont des Arts, em Paris. Lá os turistas apaixonados costumam deixar cadeados como símbolo do amor. "Vi até que parte do alambrado cedeu de tanto cadeado que havia", comenta a estudante, que namora Josuel Bressan, de 36 anos. Depois do incidente, ocorrido no último dia 8 de junho, a prefeitura da capital francesa reforçou a segurança do alambrado para que a tradição romântica seguisse normalmente.

A Pont des Arts, ou Passerelle des Arts, que atravessa o Rio Sena, é conhecida em todo o mundo pelos milhares de "cadeados do amor" que os casais prendem em suas grades como símbolo de união, antes de jogar as chaves na água.

Quatro mãos estão ocupadas prendendo um pequeno cadeado com os nomes de seus donos escritos e depois jogando a chave no rio como uma promessa de amor eterno. A qualquer hora do dia casais de apaixonados, grupos de amigos e famílias "trancam" o amor ali com um cadeado e jogam a chave no Sena.

"O Parque Barigui é um símbolo da cidade. Daqui algum tempo essa ponte terá muitas histórias para contar. Quero fazer parte disso", comenta a estudante Sabrina Freitas, de 19 anos, quer ainda terá de convencer o namorado Lucas Souza, de 18 anos, a aderir à ideia.

Fonte: Bem Paraná

Nenhum comentário: